segunda-feira, 21 de julho de 2014

Estranha Obsessão

Está obra cinematográfica é simplesmente sensacional, seu andamento não é convencional, mas o espectador é compelido a viver a vida e os pensamentos do personagem Tom Ricks - aqui interpretado brilhantemente Ethan Hawke. 
Muitos espectadores podem não gostar do filme, por ter um enrendo focado no subconsciente deste personagem, um professor norte americano que viaja a Paris atrás de um novo encontro com sua família. No entanto, uma ordem de restrição judicial impede de se aproximar de sua ex-esposa e sua filha, o que leva a agora somente observá-la a distância, pois a tentativa de reverter essa restrição judicial são remotas, em virtude fundamentalmente de seu passado sombrio.
Tendo seu objetivo principal de sua viajem não realizado o personagem se perde pela cidade de Paris e fica ainda mais delicada sua situação ao ser assaltado, perdendo sua bagagem e dinheiro. Assim procura abrigo e emprego num pequeno hotel em Paris, servido de vijia numa atividade certamente ilegal. 
Na tentativa de ter de volta sua rotina e inspiração para voltar a escrever, pois é um autor de apenas um único romance, conhece Margit uma misteriosa mulher que envolve Tom num trama psicológico, tornando assim uma inspiração para esse professor - autor literário. Seu trama psicológico reforça uma tese, o sexo e a tragédia deve ser a inspiração de seu novo livro, pois a perda, a conquista, o Amor, o Sexo e as grandes tragédias românticas são temas instigantes na literatura.
Desse jeito, o personagem desenvolve uma obsessão por está mulher, pois se torna o único meio para trazer novamente sua vida a normalidade. 
Entretanto essa nova amente e musa inspiradora não torna-se a única nova mulher na vida de Tom, pois o mesmo se envolve com a linda polonesa Nathalie, que vem a ser a esposa do dono do hotel em que mora, que trabalha em atividades certamente ilegais. Nathalie é uma mulher, jovem, encantadora e sonhadora que ver em Tom o homem que pode trazer esperanças de uma vida que sempre idealizou, contudo Tom não está preparado, pois sua mente é delirante, acreditando assim que o maior perigo de sua vida é ele mesmo, pois tudo que toca se destrói.
Essa trama, com toques de surrealismo, não tem em mutos sentidos uma explicação lógica, mas seu diretor consegue transitar harmoniosamente entre o Drama, Romance e o Suspense. 
Assim assita esse filme, não procure nele qualquer explicação e simplesmente aprecie cada minuto.  
  

Nenhum comentário: