quarta-feira, 18 de junho de 2014

Um Jornalista na Linha de Tiro

Já escrevi uma vez que Lúcio Flávio Pinto é uma das pessoas mais importantes para mim, pois é o responsável por me fazer compreender melhor o lugar onde nasci. Profissional dedicado trouxe o rigor científico para suas matérias jornalisticas, uma vez que todos os fatos publicados são rigorosamente checados. Esse rigor para fundamentar sua argumentação procuro trazer para meu dia a dia profissional. 
Outra questão que aprendi ao ler Lúcio Flávio Pinto é que com seu senso crítico me fez ter um outro olhar sobre a realidade social e política no qual estamos inseridos. Assim me indigna não ser protagonista de minha própria história e não lutar por um lugar mais justo para se viver, mesmo numa região onde a corrupção é rotina, e muitos de alguma maneira querem se beneficiar do poder. 
Com certeza não sou o único influenciado por Lúcio Flávio Pinto e é com muito orgulho que o vejo sendo indicado sendo indicado - há alguns meses atrás - como um dos "100 Heróis da Informação" pela Organização Repórteres sem Fronteiras. Contudo, minha felicidade por esse reconhecimento vem acompanhado com um pouco de tristeza, porque esse prêmio merecido ao Lúcio, é virtude do lugar onde em que vivemos ser um dos menos Democráticos, mais injusto, mais violento e menos ético para ser viver, em que a informação e a verdade dos fatos são escondidos pelos donos do poder. 
Certamente, num lugar assim não sonhei em viver. 

Nenhum comentário: