sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Certificação renova fôlego das licitações de florestas

A concessão de áreas de florestas públicas para uso da iniciativa privada tem contribuído para gerar empregos na Amazônia e suprir o mercado de madeira extraída de modo sustentável. Começam a sair as primeiras certificações socioambientais para as áreas licitadas. A primeira área de floresta federal que passou por licitação - e também a primeira a receber o selo de manejo sustentável FSC (sigla em inglês para Conselho de Manejo Florestal) - fica na Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia. O lote de 50 mil hectares foi arrematado pela Amata, empresa do setor florestal e uma das pioneiras no país no uso do selo FSC para madeira da Amazônia. A iniciativa é uma exceção, já que a oferta de madeira certificada pelo selo FSC, o mais conhecido selo verde para produtos de origem florestal, não chega a 2% do mercado - Valor Econômico, 21/12, Especial, p.F2.

Nenhum comentário: