domingo, 4 de março de 2012

Alcatraz

Estava devendo um comentário de meu mais novo produto de consumo, o seriado Alcatraz, produzido por ninguém menos que J.J Abrams, o mesmo do seriado "LOST", que se tornou um sucesso.
Este novo seriado é intrigante, policial, com toques de mistério, com elementos que em muito lembram de "LOST", contudo utiliza-se de uma fórmula bem interessante, pois busca dar um final para cada novo personagem a cada episódio, o que torna uma pouco mais interessante e não dar a sensação de que falta alguma coisa.
Entretanto, o que se passa em Alcatraz. O seriado busca desvendar o mistério que cerca está ilha, não é "LOST", mas trata-se do reaparecimento dos prisioneiros da prisão federal de Alcatraz, que oficialmente foi fechada pelo governo e seus prisioneiros foram transferidos, mas não é bem isso que aconteceu. Claro que este enredo é uma ficção, mas por trazer um elemento real, num cenário bastante conhecido da história do cinema, como Alcatraz, que já foi cenário de alguns filmes é interessante, que me agradou.
Outra coisa, os prisioneiros retornam com a mesma idade com que misteriosamente desaparecerão e com o mesmo grau de periculosidade, promovendo novos crimes.
A única certeza é que os mesmo terão que ser recapturados, missão encarregada para os personagens principais dessa trama de mistério.
Bem, deu para perceber que teremos boas histórias que serão contadas e os primeiros episódios agradaram. Espero um novo sucesso e que perguntas como Quem está por trás de tudo isso? Qual seu propósito? Como realizou essa ‘mágica’? Por que, ao retornar, os prisioneiros obedecem ordens de alguém que provavelmente não conhecem, realizando missões que eles não parecem compreender do que se tratam? Sejam respondidas a contento ao longo das temporadas.
 

2 comentários:

Anônimo disse...

Vi apenas os quatro primeiros episódios e gostei bastante. Chamou minha atenção o fato de que o primeiro preso retornado dá a entender que está matando por encomenda. Isso se destaca ainda mais porque outros, como o assassino de crianças, visivelmente cometem crimes por conta própria, retomando seus velhos hábitos.
A série vai soltando informações instigantes a contagotas, como mostrar que a Dra. Sengupta também atravessou cinco décadas sem envelhecer. Depois mostraram o mesmo do Dr. Beuregard. E, por fim, existem aquelas chaves misteriosas, que são a prova de que existe alguém por trás de toda a operação.
Claro que estamos curtindo todo esse mistério e suas possíveis implicações.

Alexandre José França Carvalho disse...

Também concordo, o seriado é ótimo e nos promete grandes mistérios e supresas.