quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

A Educação na comunidade extrativista de Montanha e Mangabal

O único método que conheço para que uma nação alcance o Desenvolvimento é por meio da Educação. Está frase pode parecer um clichê, contudo é a mais pura verdade. Neste quesito, o Estado brasileiro está a anos-luz dos países “ditos” Desenvolvimentos.
Este fato pode ser explicado sobre diversas argumentações, contudo quero demonstrar que um dos aspectos para se melhorar os indicadores educacionais no Brasil, não provém do uso da tecnologia, como diz alguns educadores, enquanto instrumento educacional, mas perpassa pela valorização do Professor, por meio de salários dignos e melhores condições de trabalho.
Contudo, em meio a greves por melhores salários, como a que aconteceu recentemente no Estado do Pará, uma situação não ficou bem esclarecido para sociedade paraense, que são as precárias condições de trabalho de um professor. O caso demonstrado aqui é de saltar os olhos de indignação, mas mostra que ser professor no Brasil, e, sobretudo na Amazônia é ser um herói.
Negar o direito a educação é uma das maiores violações de Direitos Humanos, como sociedade o direito ao Desenvolvimento ao nosso futuro, e nunca alcançaremos níveis aceitáveis em ciência, tecnologia e inovação.
É o que penso!!!!

Nenhum comentário: