quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Nossos Erros

 A Jornalista Míriam Leitão sintetiza em poucas palavras a aposta errada do país em alguns "grandes projetos" de infra- estrutura.

Erros caros
"Com um belo monte de equívocos, o Brasil está entrando num trem-bala para duas encrencas. As duas maiores obras são buracos sem fundo do ponto de vista fiscal, e quanto mais afundam, mais o governo se envolve. Há montes de argumentos contra as duas obras. A ferrovia é o caminho certo para o Brasil, mas o trem-bala consumirá dinheiro demais, impedindo inclusive o progresso ferroviário inadiável do país. Energia limpa é o caminho certo para o Brasil, mas a hidrelétrica de Belo Monte vai consumir dinheiro demais numa obra cujo projeto não foi avaliado adequadamente do ponto de vista econômico, fiscal, ambiental e climático. O Brasil precisa de energia renovável e de mais ferrovias, mas resolveu apostar as suas fichas nos projetos errados e caros. Onde o governo está com a cabeça?", coluna de Míriam Leitão - O Globo, 16/2, Panorama Econômico, p.22.
  

Nenhum comentário: