segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O dever de educar é dos pais e não da escola

É comum nos dias de hoje observar o descrédito de muitos "cidadãos" nos valores éticos e morais, numa hipocrisia desmedida criticamos políticos corruptos, mas enquanto sociedade não perdeu a oportunidade de "jogar a ética e a moral para escanteio". Para explicar esse fato deve haver muitas explicações da filosofia a antropologia, como não sou um perito no assunto me permito mencionar que a "culpa" para este mal estar na desagregação familiar, pois a Família dita "moderna" mais preocupada na ambição desmedida do sucesso profissional, simplesmente se esquece de educar seus descendentes e culpa os "outros" pelo seu fracasso. Assim cabe ao judiciário arbitrar atos de determinados jovens, que outrora queimam índios, espancam prostitutas e ou "simplesmente" fumam maconha. 
Essas poucas palavras só servem para recomendar a leitura do excelente artigo do professor Vladimir Passos de Freitas.

Nenhum comentário: