sexta-feira, 18 de junho de 2010

Saramago, Adeus!!!!


Hoje, amanhecemos um pouco mais tristes, um pouco mais órfãos, com a morte do maior escritor em língua portuguesa, José Saramaro. Um ser humano único, ateu, comunista, neto de criadores de porcos, mas não menos importante para a compreensão sociedade. Ser humano, com inteligência, sensibilidade e um profundo senso crítico, como ele, não encontramos todos os dias, infelizmente. Em sua casa simples nas ilhas canárias, com o olhar voltado para o oceano atlântico, dizia-nos "Falta-nos reflexão, pensar, precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem ideias, não vamos a parte nenhuma."

Nenhum comentário: